Concordância Nominal – PDF | Português, Gramática

Concordancia nominal

1. CONCORDÂNCIA

2. A concordância nominal acontece com o adjetivo, o pronome, o numeral e o artigo. CONCORDÂNCIA NOMINAL Regra Geral: adjetivo, pronome, numeral e artigo concordam em gênero e número com o substantivo a que se referem. Os candidatos foram classificados por critério aleatório. As candidatas foram classificadas por critério aleatório. Não conhecia a fundo o idioma materno.

3. Adjetivo na função de adjunto adnominal posposto a dois ou mais substantivos pode ir ao plural ou concordar com mais próximo. CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Quando um adjetivo vem posposto a vários substantivos do mesmo gênero, o adjetivo vai ao plural ou concorda com o mais próximo: Valter comprou um sapato e paletó antigo / antigos. Tratava-se de momento e lugar inoportuno / inoportunos.

4. b) Quando o adjetivo vem posposto a substantivos de gêneros diferentes, vai ao masculino plural ou concorda com o mais próximo: CONCORDÂNCIA NOMINAL São homens e mulher cuidadosa / cuidadosos. cuidadosa. > singular, concordando com o substantivo mais próximo. São cartas e contrato bem digitado / digitados.

5. Adjetivo que vem posposto a substantivos em gradação, em sinonímia, ou referindo-se a uma só pessoa concorda com o mais próximo. CONCORDÂNCIA NOMINAL a) O adjetivo posposto a dois ou mais substantivos alinhados em gradação concorda com o mais próximo: “Um ser, uma força, uma inteligência suprema…” A inteligência, o esforço, a dedicação extraordinária resolvem qualquer problema.

6. b) Quando o adjetivo vem posposto a dois ou mais substantivos sinônimos entre si, concorda com o mais próximo: CONCORDÂNCIA NOMINAL “Era uma mulher e companheira exemplar.” “O pensar e amor racional faz bem.” c) O adjetivo posposto a dois ou mais substantivos referentes a uma só pessoa concorda com o mais próximo: Conheci o secretário e tesoureiro petista. O goleiro e artilheiro tricolor.

7. Adjetivo na função de predicativo posposto a dois ou mais substantivos: CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Quando o adjetivo está na função de predicativo, referindo-se a dois ou mais substantivos do mesmo gênero, vai ao plural e conserva o gênero dos substantivos: O tamarindo e o limão são azedos. b) Quando se referindo a dois ou mais substantivos de gêneros diferentes, vai ao masculino plural: O tamarindo e a pera são azedos.

8. Adjetivo na função de adjunto adnominal anteposto a dois ou mais substantivos: CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Quando um adjetivo se antepõe a dois ou mais substantivos, normalmente concordará com o mais próximo, mas isso dependerá do sentido: Valter escolheu mau lugar e hora. Valter nadou em profundas lagoas e rios.

9. b) O adjetivo vai ao plural quando está anteposto a nomes de parentesco ou nomes próprios de pessoas ou títulos: CONCORDÂNCIA NOMINAL As simpáticas Tainara e Esther são primas. Os nervosos acusador e acusado se confrontam no tribunal.

10. Adjetivo predicativo anteposto a dois ou mais substantivos: CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Quando há sujeito composto posposto, o predicativo pode ir ao plural ou concordar com o núcleo mais próximo: Ficaram pequenos a casa e o quintal. ou Ficou pequena a casa e o quintal.

11. b) Quando o predicativo está anteposto a dois ou mais núcleos do objeto, pode também concordar com o núcleo mais próximo ou ir ao plural: CONCORDÂNCIA NOMINAL Achei confusos o turista e o guia. ou Achei confuso o turista e o guia.

12. Um só substantivo e dois ou mais adjetivos: CONCORDÂNCIA NOMINAL Substantivo no singular ou plural + adjetivos no singular. a) Substantivo no plural: Quando o substantivo estiver no plural e, portanto, for precedido de artigo no plural, será anteposto a dois ou mais adjetivos no singular desacompanhados de artigo, ou seja, haverá artigo plural + substantivo no plural + adjetivos no singular sem artigo.

13. A China está conquistando os mercados europeu e americano. CONCORDÂNCIA NOMINAL Os poderes temporal e espiritual. Estudava os idiomas espanhol e português.

14. b) O substantivo no singular precedido de artigo no singular vem anteposto a dois ou mais adjetivos no singular com artigo: CONCORDÂNCIA NOMINAL artigo singular + substantivo no singular + adjetivo + artigo + adjetivo. O poder temporal e o (poder) espiritual. Estudava o idioma espanhol e o português.

15. Numeral ordinal determinando um substantivo CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Fica no singular ou vai ao plural quando um substantivo vem posposto a dois ou mais numerais ordinais precedidos de artigo. Revisei a sexta e a oitava cláusula do contrato. ou Revisei a sexta e a oitava cláusulas.

16. b) Vai ao plural quando o substantivo vem posposto a dois ou mais numerais ordinais com um só artigo ou sem artigo. CONCORDÂNCIA NOMINAL Revisei a sexta e oitava cláusulas do contrato. A primeira e segunda seções eleitorais. O segundo, terceiro e quarto objetivos.

17. c) Irá ao plural quando o substantivo estiver anteposto a mais de um numeral. CONCORDÂNCIA NOMINAL As cláusulas terceira, quarta e quinta. Vamos conhecer os andares nono e décimo.

18. Possível CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Concorda com artigo no singular ou plural quando precedido de expressões superlativas – o mais, o menos, o melhor, o pior, o maior, o menor: Clientes o mais possível pontuais quanto ao pagamento de duplicatas. Clientes os mais possíveis pontuais quanto ao pagamento de duplicatas. [Clientes o mais pontuais possível quanto ao pagamento de duplicatas.]

19. b) Possível é usado no singular quando antecedido de particípio: CONCORDÂNCIA NOMINAL Eram pessoas o mais mal nutridas possível. Tenho sempre os cabelos o mais bem penteados possível. c)A expressão quanto possível é invariável: Tomamos cervejas tão geladas quanto possível.

20. Predicado nominal formado de verbo ser + adjetivo predicativo CONCORDÂNCIA NOMINAL a) O predicado nominal formado de verbo ser permanece invariável no masculino caso o sujeito apareça sem determinante. Isso é o que ocorre com é bom, é ótimo, é necessário, é proibido, é claro. Exemplos: É preciso cautela com políticos. Entrada é permitido. Bebida é proibido para menores.

21. b) Quando o sujeito do verbo ser vem determinado por artigo, pronome, numeral ou adjetivo, concorda com o predicativo. CONCORDÂNCIA NOMINAL Exemplos: É proibida a entrada de meninas. Toda cerveja quente é péssima.

22. Mesmo CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Como pronome demonstrativo, possui sentido de próprio e concorda com o substantivo: Nós mesmas faremos isso. As portas fecharam-se por si mesmas. b) Como advérbio, possui o sentido de realmente e não flexiona: Elas estão mesmo cansadas.

23. Obrigado CONCORDÂNCIA NOMINAL O obrigado concorda com o substantivo de referência: Todos foram obrigados a sair do ônibus. Elas foram obrigadas a dizer: “Obrigadas.”

24. Bastante CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Quando pronome indefinido, aparece anteposto e concorda com o substantivo: Comemos bastantes frutas. Tinha bastantes pessoas na sala.

25. b) Quando adjetivo, tem sentido de suficiente. CONCORDÂNCIA NOMINAL Aparece posposto e concorda com o substantivo: Tinha amigos bastantes para auxiliá-lo. Não somos homens bastantes para isso.

26. c) Quando advérbio, tem sentido de muito e não flexiona: CONCORDÂNCIA NOMINAL Existem pessoas bastante compreensivas. Já choramos bastante hoje. Vocês estão bastante doentes.

27. Todo CONCORDÂNCIA NOMINAL

a) Quando pronome indefinido, tem sentido de qualquer e aparece anteposto ao substantivo, concordando com ele: Toda cidade pequena é calma.

28. b) Quando advérbio, tem sentido de totalmente e não flexiona: CONCORDÂNCIA NOMINAL Ela ficou todo suja. Toda noite elas chegam em casa todo nervosas.

29. Anexo – Quite – Leso CONCORDÂNCIA NOMINAL Por serem adjetivos, esses termos concordam com o substantivo: As cartas seguem anexas. Vocês estão quites com o governo.

30. Observação: CONCORDÂNCIA NOMINAL Alguns gramáticos já admitem a forma “em anexo”. Deve-se empregá-la sempre no singular. Seguem em anexo as fotos.

31. Meio CONCORDÂNCIA NOMINAL a) Quando numeral, tem sentido de metade e concorda com o substantivo: Compramos duas meias-entradas para o teatro.

32. b) Quando advérbio, tem sentido de parcialmente e não flexiona: CONCORDÂNCIA NOMINAL Certos animais parecem meio humanos. As moças chegaram meio tontas.

33. Invariáveis CONCORDÂNCIA NOMINAL Alguns adjetivos ficam invariáveis. a) Adjetivos compostos em que o último termo é um substantivo que expressa cor: Paletós branco-gelo. Blusas verde-oliva.

34. b) Os adjetivos compostos azul-marinho e azul- celeste: CONCORDÂNCIA NOMINAL Sofás azul-celeste. Sofás azul-marinho. c) Substantivos que exercem o papel de adjetivo: Cadeiras salmão. Blusas rosa.

35. CONCORDÂNCIA VERBAL Regra geral Quando há sujeito simples, o verbo concorda com ele em número e pessoa. Nós estivemos em São Paulo. Todos os candidatos saíram tarde. Eles virão mais cedo.

36. a) Quando o sujeito coletivo é determinado pelos seres, o verbo concorda no singular com o coletivo ou no plural com os seres: CONCORDÂNCIA VERBAL bando de turma de + nome no plural rebanho de A manada de elefantes segue/seguem em direção ao rio. O batalhão de mercenários chega/chegam hoje. Um bando de aves revoou/revoaram.

37. b) Quando o sujeito é representado por expressão partitiva seguida de nome no plural, o verbo concorda no singular com a expressão partitiva ou no plural com os seres: CONCORDÂNCIA VERBAL a maioria de grande parte de+ nome no plural uma porção de A maior parte dos candidatos veio/vieram. Boa parte dos assaltantes fugiu/fugiram pelo beco.

38. c) Quando há sujeito composto posposto ao verbo, o verbo concorda no singular com o núcleo próximo ou no plural com todos os núcleos: CONCORDÂNCIA VERBAL Depois falará/falarão o presidente e o chefe. Virá/virão o chefe e o presidente.

39. d) Quando há sujeito composto ligado por ou, nem, com, como o verbo no singular dá idéia de exclusão; o verbo no plural dá ideia de inclusão: Nem você nem ele fez/fizeram bem feito. Ou o marido ou a esposa virá/virão ao baile. CONCORDÂNCIA VERBAL

40. Observação: Lembre-se sempre de analisar o texto, pois há casos em que se usa o verbo só no singular; em outros, só no plural, dependendo da semântica. Se houver ideia de exclusão ou retificação, o verbo será usado só no singular: Valter ou Iago se casará com Esther. Nem ele nem você será Presidente. O gerente ou um dos funcionários me atendeu. CONCORDÂNCIA VERBAL

41. Se houver a ideia de adição, o verbo será usado somente no plural: A beleza ou a verdade sempre nos emocionam. O céu ou o inferno sempre preocupam. Nem pobre nem rico irão. Branco ou negro ou pardo têm os mesmos direitos. CONCORDÂNCIA VERBAL

42. e) Quando o sujeito composto for representado pelas expressões um e outro, nem e nem outro, o verbo no singular dá ideia de exclusão. No plural, dá ideia de inclusão. Uma e outra pessoa entrou/entraram aqui. Nem uma nem outra droga faz/fazem bem. CONCORDÂNCIA VERBAL

43. f) Quando o sujeito é representado pelo pronome relativo que antecedido pela expressão um dos que, o verbo concorda com os antecedentes do pronome relativo: Dos homens, Valter é um dos que mais fala/falam. A Argentina é um dos países que mais deve/devem. CONCORDÂNCIA VERBAL

44. 2. Casos em que o verbo pode ser usado só no singular ou só no plural O uso do verbo no singular ou no plural depende de cada caso abaixo: a) Pronomes indefinidos e interrogativos + preposição + outros pronomes: O verbo fica no singular quando da presença dos pronomes indefinidos e interrogativos no singular, concordando com tais pronomes. CONCORDÂNCIA VERBAL

45. Nenhum de vós teve medo? Algum de nós deverá permanecer aqui. Qual dentre eles falou isso? CONCORDÂNCIA VERBAL

46. b) O verbo vai ao plural quando da presença dos pronomes indefinidos e interrogativos no plural, concordando com os pronomes que estão antes ou depois da preposição. Quantos de vós dissestes tal coisa? Muitos dentre nós seremos punidos. CONCORDÂNCIA VERBAL

47. Nós, que ficamos, seremos sempre agradecidos. Vós, que ides, muito cuidado. CONCORDÂNCIA VERBAL b) Pronomes relativos que e quem: O verbo concordará com o antecedente quando o sujeito for o pronome relativo que.

48. Observação: O verbo pode concordar com o antecedente ou concordar com o sujeito do antecedente se o antecedente do pronome relativo funcionar como predicativo. Sou o primeiro que falou. (Concordância gramatical: concorda com o antecedente.) Sou o primeiro que falei. (concordância ideológica: concorda com o sujeito eu.) CONCORDÂNCIA VERBAL

49. Quando o sujeito for o pronome relativo quem, o verbo pode concordar com o antecedente do relativo ou ir para a 3ª pessoa do singular e concordar com o relativo: Éramos nós quem gritávamos. Éramos nós quem gritava. c) O verbo irá ao plural na pessoa que tiver predominância quando da presença de sujeito composto de pessoas gramaticais diferentes. CONCORDÂNCIA VERBAL

50. Se houver a 1ª pessoa, o verbo irá ao plural, concordando com a primeira pessoa. Valter, tu e eu conversaremos depois. Tu, as crianças, eu e o meu pai ficaremos aqui. Sem a 1ª pessoa: o verbo irá ao plural concordando com a 2ª ou com a 3ª pessoa. Tu e ele sairão/saireis hoje. CONCORDÂNCIA VERBAL

51. 4. Concordância especial do verbo ser a) Quando empregado como verbo impessoal, na determinação de horas e distâncias, o verbo ser concorda com a expressão numérica. É uma hora. Agora é uma e vinte. Talvez sejam três quilômetros até a cidade. De São Paulo a Santos são sessenta quilômetros. CONCORDÂNCIA VERBAL

52. Observação: 1) Nas datas, o verbo ser concorda com a expressão numérica, porém, alguns gramáticos aceitam que o verbo fique no singular, concordando com a palavra “dia” subentendida: Hoje são vinte de dezembro. (= São decorridos 20 dias …) Hoje é dezenove de março. (= Hoje é dia dezenove de março de 2009.) Eram sete de maio de 2007. ou Era sete de maio de 2007. CONCORDÂNCIA VERBAL

53. 2) O verbo ser, na marcação de horas, pode ficar no singular ou concordar com a expressão numérica quando esta vier precedida da expressão perto de: Eram perto de cinco horas. ou Era perto de cinco horas. CONCORDÂNCIA VERBAL

54. b) Quando o verbo ser está entre o sujeito e predicativo, concorda ora com o sujeito, ora com o predicativo. b.1) Porém, quando o verbo ser estiver entre pessoa e coisa, concordará com o termo que indicar pessoa: Os amigos eram uma constante preocupação. Esther era só problemas. sujeito-pessoa CONCORDÂNCIA VERBAL

55. b.2) O verbo ser ficará no plural entre um substantivo singular e um no plural: O problema da empresa são os altos salários dos chefes. O campeonato eram uns poucos jogos. Seus olhos são luz celestial. CONCORDÂNCIA VERBAL Obs.: nem todos os gramáticos concordam com a regra acima.

56. b.3) Independentemente de qualquer outra palavra, o verbo ser concordará sempre com o pronome reto: Os diretores do banco somos nós. Nossa tristeza e nossa preocupação é ele. CONCORDÂNCIA VERBAL

57. b.4) O verbo ser concordará com o predicativo ou, menos usual, com o sujeito, quando o sujeito for pronome indefinido ou demonstrativo neutro: Nada disso são meios lícitos. Isso seriam consequências terríveis. Isso seria consequências terríveis. CONCORDÂNCIA VERBAL

58. b.5) O verbo ser ficará no singular quando se relacionar a conceitos de tempo, medida, quantidade, preço e peso seguidos de expressões como muito, pouco, mais de, bastante, suficiente: Dois metros não será bastante? Dois quilos é mais do que preciso. CONCORDÂNCIA VERBAL

59. c.1) O verbo ser não flexiona quando da presença da expressão uma vez. Era uma vez um príncipe e uma princesa. (= Havia um príncipe e uma princesa). c.2) Sem a expressão uma vez, o verbo ser flexiona. Era uma princesa. Eram um príncipe e uma princesa. CONCORDÂNCIA VERBAL

60. 5. Concordância dos verbos dar, soar, bimbalhar, badalar, bater, tocar, referindo-se a horas a) Os verbos bater, soar, dar, tocar, bimbalhar e badalar concordam no singular com o sujeito expresso na referência a horas. O sino bateu cinco horas. Deu duas horas o relógio da farmácia. O relógio da Igreja bimbalhava cinco horas quando ele chegou. CONCORDÂNCIA VERBAL

61. b) Quando não há sujeito, esses verbos concordam no plural com horas, batidas, badaladas: Soaram cinco badaladas no relógio central. Deram duas horas da tarde no relógio da farmácia. No relógio da Igreja bimbalhavam seis horas quando aconteceu o acidente. CONCORDÂNCIA VERBAL

62. 6. Nomes próprios locativos e intitulativos a) No caso de nomes próprios locativos e intitulativos precedidos de artigo no plural, o verbo fará a concordância no plural: Os Andes atravessam toda a América do Sul. CONCORDÂNCIA VERBAL Andes atravessa toda a América do Sul.

63. 7. Verbos no Infinitivo com ou sem artigo a) Quando há sujeito composto e os núcleos do sujeito são infinitivos, o verbo irá ao plural se os infinitivos estiverem determinados pelo artigo ou se forem antônimos: O comer e o beber são essenciais para a sobrevivência. (determinados) CONCORDÂNCIA VERBAL Comer e beber é essencial para a sobrevivência. (indeterminado)

64. 8. Concordância Ideológica ou Silepse São Paulo continua poluída. (cidade poluída) A população, ao ver os assassinos, correram pelas ruas. A gente, quando namorava, íamos bem devagar. (nós íamos) CONCORDÂNCIA VERBAL

65. 9. Quantidade e Porcentagem a) O verbo fica no singular se o numeral fracionário estiver no singular: Um décimo dos candidatos usa fichas de estudo. A quarta parte do vinho caiu no chão. CONCORDÂNCIA VERBAL

66. b) Um milhão, um bilhão, etc: verbo no singular. Um bilhão de dólares foi roubado no banco central. Um trilhão de seres vivos morreu com a tempestade. CONCORDÂNCIA VERBAL

67. c) O verbo fica no plural se, após os numerais acima, vier outro numeral inteiro: Um milhão e seiscentos mil dólares foram encontrados no aeroporto. d) O verbo fica no singular se, após os numerais acima, vier um numeral não inteiro: Um milhão e meio de dólares foi encontrado no aeroporto. CONCORDÂNCIA VERBAL

68. e) Dois milhões, vinte bilhões, etc.: verbo no plural. Três milhões de dólares não acabariam com o problema da seca nordestina. CONCORDÂNCIA VERBAL

69. f) O verbo fica no plural a partir de 2% : Três por cento dos eleitores votaram nulo. 98% dos entrevistados ainda não sabiam em quem votar. g) Menos de 2%: verbo no singular. 1% dos candidatos não apareceu hoje. 1,8 % dos alunos não veio hoje. CONCORDÂNCIA VERBAL

70. h) Porcentagem + substantivo no singular: verbo pode ficar no singular ou no plural. Cinco por cento da dívida já foi/foram pago(s). 80% do comércio abrirá/abrirão as portas hoje. CONCORDÂNCIA VERBAL

71. i) O verbo concorda com o numeral que se segue quando das expressões mais de, menos de, perto de, cerca de. Mais de um ganhador recebeu o dinheiro. Cerca de cinco civis desapareceram após o ataque de Israel.

CONCORDÂNCIA VERBAL