Regência e Crase, PDF | Português, Gramática

Regência e Crase

 

1. REGÊNCIA E CRASE
2. REGÊNCIA Estuda a relação de dependência que existe direta ou indiretamente entre palavras. Quando essa dependência ocorre diretamente, a preposição não é obrigatória e quando ocorre indiretamente há a presença obrigatória de preposição. Por isso, para o estudo de regência, o conhecimento das preposições é fundamental.
3. REGÊNCIA NOMINAL O termo regente pode ser: substantivo (amor ao pai); adjetivo (difícil de fazer); advérbio (relativamente ao trabalho).
4. REGÊNCIA NOMINAL Para alguns gramáticos deve-se evitar a contração da preposição de com o artigo o(a), quando se tem um verbo no infinitivo após um nome que exerce função de sujeito em frases como: Está na hora do jogo terminar. De acordo com esses gramáticos, a forma correta é: Está na hora de o jogo terminar.
5. REGÊNCIA VERBAL Ocorre quando o regente é um verbo Exemplo: Dei o presente ao José. Observe que esse estudo relaciona-se ao estudo da sintaxe verbal (VTD, VTI, VI, VTDI).
6. PARALELISMO Para alguns gramáticos não se deve usar um mesmo complemento para verbos de regências diferentes, mantendo-se um paralelismo. Tais gramáticas consideram erradas as construções: [Entrou e saiu da casa.] Deve-se usar: Entrou na casa e saiu dela.
7. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS a) Aspirar = respirar é VTD. Ex.: Ele aspirou o gás. = desejar é VTI. Ex.: Ele aspira ao sucesso.
8. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS b) Assistir = ver _ VTI. Ex.: Eu assisti ao filme. = socorrer _é VTD. Ex.: Assistimos o rapaz doente. = pertencer _ é VTI. Ex.: Esse direito assiste aos jovens.
9. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS c) Esquecer e Lembrar Quando desacompanhados de pronome oblíquo, são VTD. Ex.: Eu esqueci o problema. Quando acompanhados de pronome oblíquo, são VTI. Ex.: Eu me esqueci do problema.
10. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS d) Informar É VTDI (exige um objeto direto e um objeto indireto). Admite duas construções: Informar alguma coisa a alguém Ex.: Ela informou o fato aos alunos. Informar alguém de (sobre) alguma coisa. Ex.: Ela informou os alunos do (sobre o) fato. Obs.: Os verbos avisar, prevenir, notificar e cientificar admitem as mesmas construções que o verbo informar.
11. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS e) Obedecer e Desobedecer São VTI (exigem preposição a). Ex.: Ele nunca obedece aos regulamentos.
12. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS f) Pagar e Perdoar São VTI quando o objeto refere-se a pessoa. Ex.: O pai sempre perdoa aos filhos. São VTD quando o objeto refere-se a coisa. Ex.: Nós já pagamos os impostos.
13. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS g) Preferir É VTDI (preferir alguma coisa a outra). Ex.: Ele prefere o futebol ao vôlei.
14. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS h) Querer = desejar _ é VTD. Ex.: Todos queriam o prêmio. = gostar _ é VTI. Ex.: As mães querem aos filhos.
15. REGÊNCIA DE ALGUNS VERBOS i) Visar = pretender _ VTI. Ex.: Ele visava ao sucesso. = mirar _ VTD. Ex.: O jogador visou o gol. = assinar _ VTD. Ex.: Você já visou o cheque?
16. CRASE Crase é a fusão de a + a(s). Ex.: Ele vai a + a igreja _ Ele vai à igreja. Na nossa língua o “a” pode ser: Artigo definido: fica anteposto ao substantivo e serve para determiná-lo: A moça e a mãe receberam os prêmios.
17. CRASE Pronome pessoal oblíquo átono: substitui o substantivo e equivale semanticamente ao pronome ela: Ainda não a vi. Pronome demonstrativo: substitui o substantivo e equivale ao pronome aquela: Esta blusa e a de Patrícia não são as que vimos ontem.
18. CRASE Preposição: Serve para unir dois termos criando uma relação de dependência entre eles: Vamos a Salvador a pé.
19. CRASE Casos em que não ocorre crase A crase é proibida antes de palavras que não apresentam o artigo a(s). a) Antes de masculinos Ex.: Ele foi a pé para casa. b) Antes de verbos Ex.: A torcida começou a gritar.
20. CRASE c) Antes de pronomes pessoais (inclusive os de tratamento) Ex.: Nada disse a ela nem a Vossa Senhoria. d) Antes dos pronomes esta(s), quem e cuja(s) Ex.: essa é a pessoa a quem pedi ajuda. e) Com a no singular + palavra no plural Ex.: Ele se refere a acusações mentirosas.
21. CRASE f) Entre duas palavras repetidas Ex.: Ficamos cara a cara. g) Antes de nomes de lugar sem especificativo, porém, avalie a presença de artigo. Ex.1: Ele gosta de ir a Fortaleza. Ex.2: Ele gosta de ir à Bahia. Obs.:Tudo depende do nome do lugar, alguns aceitam o artigo, outros não. Especificativos têm artigo. Ex.: Ele gosta de ir à ensolarada Fortaleza.
22. CRASE Casos em que a crase é facultativa (artigo facultativo ou preposição facultativa) a) Antes de pronomes possessivos femininos. Ex.: A vizinha pediu ajuda à/a minha mãe.
23. CRASE c) Depois da preposição até. Ex.: Eu andei até à/a esquina. b) Antes de nomes de mulher Ex.: O juiz fez uma advertência à/a Paula.
24. CRASE Crase com pronomes demonstrativos e relativos a) Preposição a + pronome demonstrativo a(s) O pronome demonstrativo a(s) aparece seguido de que ou de. Critério prático: Troca-se por um substantivo masculino o feminino que vem antes do a(s). Ex.: Esta casa é igual à que você comprou. Este carro é igual ao que você comprou.
25. CRASE b) Preposição a + aqueles(s) Critério prático: Troca-se aquele(s) por este(s). Só ocorre crase se aparecer a antes do este(s). Ex.: Ele se refere àquele fato. Ele se refere a este fato. Esse critério prático vale também para os demonstrativos aquela(s) e aquilo.
26. CRASE Casos em que ocorre crase (acento diferencial) a) Locuções adverbiais femininas (acento diferencial): Tempo _ Ex.: Ele chegou à noite (adv.) e saiu às seis horas. A noite (subst.) estava bonita.
27. CRASE a) Locuções adverbiais femininas (acento diferencial): Lugar _ Ex.: Ninguém chegou à cidade. Modo _ Ex.: Ele entrou às escondidas no armazém
28. CRASE b) Locuções prepositivas (à + palavra feminina + de) (acento diferencial): Ex.: Nós ficamos à espera de ajuda. c) Locuções conjuntivas (à + palavra feminina + que) Ex.: O tempo esfria, à medida que escurece.
29. CRASE Casos especiais de crase Casa Sem especificativo _ sem crase Ex.: Chegamos cedo a casa. Com especificativo _ com crase. Ex.: Chegamos cedo à casa de meu pai.
30. CRASE b) Terra Com sentido oposto ao de água _ sem crase Ex.: Os jangadeiros voltaram a terra. Com sentido de terra natal e planeta _ com crase Ex.: Ele voltou à terra natal dos avós.
31. REGÊNCIA E CRASE Assistir = ver _ VTI. Ex.: Eu assisti ao filme / à novela. = socorrer _é VTD. Ex.: Assistimos o rapaz doente / a moça doente. = pertencer _ é VTI. Ex.: Esse direito assiste aos alunos / às alunas.

You May Also Like