ANAC: Inscrições abertas

Com inscrições abertas até 4 de janeiro, o concurso para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) tem vários atrativos. Um dos principais é a combinação entre emprego estável e uma remuneração que pode chegar a R$12.347,49. Mas, entrar pra valer na disputa pelas 150 vagas oferecidas também vale a pena pela oportunidade de seguir carreira em um órgão que assume papel cada vez mais importante no país.

Criada em 2005, a Anac é uma autarquia vinculada à Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. Tem como atribuições regular e fiscalizar as atividades de aviação civil e de infraestrutura aeronáutica e aeroportuária. A atuação da Anac tem ganhado destaque na medida em que o mercado de aviação cresceu e ganhou complexidade. Com o passar dos anos, tornou-se necessário que o órgão atuasse com mais rigor para coibir abusos por parte das empresas aéreas e defender os interesses dos milhões de consumidores que todos os anos fazem uso dos aeroportos em todo o país.

Para manter esse trabalho de fiscalização e monitoramento, a Anac precisa de profissionais de diversos perfis. Os técnicos-administrativos, que têm remuneração inicial de R$6.062,52 para uma jornada de 40 horas semanais, trabalham dando suporte a diretores e outros integrantes que atuam na gestão. A eles, cabem atividades que vão da preparação de atos normativos até separação de documentos demandados por seus superiores. Para essa função, o atual concurso reserva 15 vagas, para quem possui, pelo menos, ensino médio.

Mesma escolaridade exige o cargo de técnico de regulação de aviação civil, para o qual há 45 vagas e os vencimentos iniciais são de R$6.330,52. O perfil de atuação, neste caso, também é o de suporte a outros profissionais. Porém, o envolvimento costuma ser mais direto com pilotos e com aqueles que trabalham com infraestrutura aeroportuária e práticas de fiscalização.

Com exigência de ensino superior em qualquer área, o cargo de analista administrativo oferece com 25 vagas e tem remuneração inicial de R$11.444,29, também para 40 horas semanais. A eles, cabe atuar, principalmente, com atividades ligadas à gestão e a estratégias de logística da autarquia. Os analistas podem, por exemplo, coordenar setores e departamentos da agência.

No atual concurso, o cargo com maior oferta é o de especialista de regulação em aviação civil: 65 vagas, com salário inicial de R$12.347,49. Nesse caso, os profissionais coordenam atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da aviação civil e ficam à frente de estudos e pesquisas relevantes para o monitoramento e acompanhamento das empresas nesse segmento. Pela especificação que várias dessas atividades podem ter, este é o único cargo, do atual concurso, que exige, em alguns casos, formação em áreas específicas.

Abaixo, confira as principais informações sobre o atual concurso e saiba mais sobre as atribuições de cada um dos cargos oferecidos, em matérias publicadas em 2015, neste blog.

Atribuições dos cargos:

Analista Administrativo: atribuições de nível superior, voltadas para o exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da ANAC, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Especialista em Regulação de Aviação Civil: atribuições de nível superior, voltadas para o exercício de atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da aviação civil, dos serviços aéreos, dos serviços auxiliares da infraestrutura aeroportuária civil e dos demais sistemas que compõem a infraestrutura aeronáutica, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.

Técnico Administrativo: atribuições voltadas para as atividades administrativas e logísticas de nível intermediário relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da ANAC, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Técnico em Regulação de Aviação Civil: atribuições voltadas ao suporte e ao apoio técnico especializado às atividades de regulação, inspeção, fiscalização e controle da aviação civil, dos serviços aéreos, dos serviços auxiliares, da infraestrutura aeroportuária civil e dos demais sistemas que compõem a infraestrutura aeronáutica, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.

Blog do Concurso/ Folha Dirigida

You May Also Like