Câmara de BH define organizadora do concurso

A Câmara de Belo Horizonte divulgou, no último dia 14 de junho, as notas finais do processo de licitação para a escolha da banca organizadora de seu concurso. A Consulplan obteve a 1ª colocação e deve ser oficializada por meio de publicação no Diário Oficial como responsável pela seleção. O resultado vem após a terceira etapa do processo, a reunião de abertura dos envelopes com as propostas comerciais. A AVR Assessoria obteve a nota mais alta no processo, seguida da própria Consulplan.

Técnico legislativo é destaque

O concurso oferecerá 98 vagas nos níveis médio, médio/técnico e superior. Os salários variam de R$3.447,50 a R$7.689,65, já com o auxílio-alimentação de R$27,50 por dia. O destaque é o cargo de técnico legislativo II, único que exige nível médio. Serão 54 vagas e remuneração de R$3.447,50.

Curso Online para Técnico Legislativo da Câmara Municipal de BH

Curso Online para Coordenador da Câmara Municipal de BH

Conheça as demais vagas do concurso

Com a mesma remuneração, no nível médio/técnico há os cargos de técnico de saúde bucal e técnico de segurança do trabalho (ambos com duas vagas) e técnico de enfermagem (uma).

No nível superior, procurador (sete vagas) tem a maior remuneração: R$7.689,65. Outras oportunidades são para consultor do processo legislativo (11), consultor legislativo nas áreas de saúde pública (uma), ciências sociais e políticas (duas) e administração pública, orçamento e finanças (quatro). Com duas vagas cada, há chances para arquivista, analista de tecnologia da informação, dentista, engenheiro civil, redator e psicólogo/área organizacional. Médico e psicólogo/área clínica são os únicos cargos com apenas uma vaga. A remuneração no nível superior, exceto para procurador, é de R$5.605,45.

A avaliação envolverá, primeiramente, provas objetivas, com as disciplinas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos. As exceções estão nos cargos de
técnico legislativo, que terão Raciocínio Lógico e Noções de Direito Público como Conhecimentos Específicos, e redator, com Técnica Legislativa e Noções de
Direito. Haverá ainda prova discursiva que, de acordo com o cargo, poderá ser redação, parecer e projeto de lei ou dissertações sobre temas específicos.

Fonte: Folha Dirigida

You May Also Like