Colégio Pedro II: concurso para todos os níveis. Edital em abril

O concurso 2017 para a área de apoio do Colégio Pedro II já tem cargos, além da previsão de edital e provas. Segundo a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da instituição, o edital está programado para sair na primeira quinzena do próximo mês (até 14 de abril), com oportunidades para todos os níveis de escolaridade e ganhos de até R$4.638,66. O cargo que é destaque da disputa, já confirmado, é o assistente em administração, que exige apenas o nível médio e tem remuneração de R$2.904,96, para 40 horas semanais.

Segundo a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, a organização do concurso ficará a cargo do próprio colégio. Além da previsão de divulgação do edital na primeira quinzena do próximo mês, o Pedro II prevê para o final de agosto a aplicação das provas. O número de vagas ainda está em análise, e será fechado nos próximos dias.

Pedro II não fará cobrança de experiência

Questionado, o Colégio Pedro II já confirmou que não exigirá experiência para nenhum dos cargos, o que torna a seleção uma excelente oportunidade para quem, por exemplo, busca o primeiro emprego. Além do assistente em administração, vários outros cargos, que também costumam atrair muitos candidatos, estão confirmados no concurso do Pedro II.

Confira detalhes dos cargos no concurso do Pedro II

São eles: auxiliar em administração (nível fundamental e R$2.403,07) e assistente de alunos (médio e R$2.403,07). No nível superior, estão confirmados os cargos de contador, nutricionista e psicólogo, entre outros (superior na área e R$4.638,66). Veja logo abaixo a tabela com todos os cargos do concurso do Pedro II e suas respectivas escolaridade e remuneração. Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$458.

As lotações dos novos servidores são escolhidas pelo Colégio Pedro II, dependendo das necessidades. Segundo o Sindicato dos Servidores do Colégio Pedro II (Sindscope), as maiores carências estão nos campi Humaitá, que foi reinaugurado recentemente e precisa de novos servidores; São Cristóvão, onde fica a Reitoria e há as maiores demandas administrativas; Niterói, que foi ampliado, gerando carência de pessoal; e Realengo, outro campus com grande demanda de trabalho.

O Pedro II possui ainda unidades no Centro e Engenho Novo, na cidade do Rio de Janeiro, e em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os servidores do Colégio Pedro II têm direito a benefícios, que tornam o emprego no órgão mais interessante. Além da estabilidade, garantida pelo regime estatutário, há direito a auxílio-alimentação de R$458, já somado nas remunerações, auxílio-transporte, plano de saúde ou reembolso saúde e auxílio-creche de R$321 para quem tem dependentes de até 5 anos.

A perspectiva é de um bom número de contratações, tendo em vista a tradição do Colégio Pedro II de chamar excedentes e o fato de o concurso estar previsto no orçamento do governo federal, sancionado pela Presidência da República. Levando em consideração os quatro últimos concursos para a área de apoio, realizados em 2010, 2013, 2014 e 2015, a média foi de 64 vagas ofertadas, sem considerar o adicional de 50%, tradicionalmente pedido e utilizado.

Com esse adicional, chegou a 96 a média de admissões nas quatro seleções. Entre os cargos com mais chamadas está o assistente em administração, com média de 20 convocações. O ano com mais contratações foi 2015, já que, de 40 vagas, 60 admissões foram realizadas. A descentralização do setor contábil (a partir deste ano, cada campus terá esse setor) deverá elevar o número de chamadas, principalmente para assistente em administração e contador.

O concurso 2017 para a área de apoio do Colégio Pedro II já tem cargos, além da previsão de edital e provas. Segundo a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da instituição, o edital está programado para sair na primeira quinzena do próximo mês (até 14 de abril), com oportunidades para todos os níveis de escolaridade e ganhos de até R$4.638,66. O cargo que é destaque da disputa, já confirmado, é o assistente em administração, que exige apenas o nível médio e tem remuneração de R$2.904,96, para 40 horas semanais.

Segundo a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, a organização do concurso ficará a cargo do próprio colégio. Além da previsão de divulgação do edital na primeira quinzena do próximo mês, o Pedro II prevê para o final de agosto a aplicação das provas. O número de vagas ainda está em análise, e será fechado nos próximos dias.

Por: Gustavo Portella – gustavo.portella@folhadirigida.com.br

FONTE: Folha Dirigida

You May Also Like