Concurso PRF: ministro defenderá reforço de pessoal, diz federação

No último dia 26, representantes dos policiais rodoviários federais se reunirão com o ministro da Justiça, Osmar Serraglio, para tratar, entre outros, da falta
de efetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O órgão possui pedido de concurso em análise no Ministério da Justiça, dependendo, inclusive, de avaliação do
próprio ministro Serraglio para seguir para o Ministério do Planejamento, o que precisa acontecer até o dia 31 deste mês.

Curso Online para Policial Rodoviário Federal

De acordo com o vice-presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), Deolindo Carniel, que participou do encontro, o ministro
afirmou que tem conhecimento da carência de pessoal da PRF. “Ele disse que sabe da necessidade do concurso e que vai defender a sua realização perante o
governo”, contou o sindicalista. Atualmente, o déficit é de cerca de 2.500 policiais, havendo, no entanto, a possibilidade de milhares de aposentadorias (o
número chegará a 3.600 a partir do fim deste ano).

Carniel avaliou que o concurso da PRF deve ser tratado como uma prioridade do governo, mesmo diante da política de contenção de gastos com pessoal da
atual gestão. “A crise econômica é muito recente perto da crise de segurança pública do país. Investir em segurança pública é primordial. E no caso da PRF, nós
temos demonstrado para o estado brasileiro o quanto podemos dar de retorno para a sociedade. Principalmente quando se fala na questão das fronteiras, que
é um dos pontos onde somos muito fragilizados”.

Fonte: Folha Dirigida

You May Also Like