Concurso Receita Federal 2017/2018: pedido da Fazenda é para mais de 4 mil vagas em vários órgãos

Segundo informações prestadas pelo Ministério do Planejamento pelo sistema de serviço de informação ao cidadão, o pedido de autorização de concursos para carreiras fazendárias protocolado pelo Ministério da Fazenda no ՝m de maio é para 4.341 vagas. O quantitativo é distribuído por cargos da própria pasta, assim como de órgãos e autarquias vinculados como Receita Federal (concurso Receita Federal 2017/2018), Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Superintendência de Seguros Privados (Susep) e Tesouro Nacional.

Vagas nos níveis médio e superior, com iniciais de até R$19,7 mil

E conforme a FOLHA DIRIGIDA antecipou, por meio de informação obtida junto a fonte na Receita Federal, a solicitação inclui os cargos de área fiscal do órgão (/noticias/concurso/receita-federal/concurso-receita-federal-2017-2018-vagas-tambem-para-a-area-՝scal). Foram pedidas 2.083 vagas, sendo 630 de auditor-fiscal e 1.453 de analista-tributário. Ambos os cargos têm requisito de formação superior em qualquer área e garantem remuneração inicial de R$19.669,01 (auditor) e R$11.132,21 (analista), incluindo o auxílio-alimentação, de R$458.

No caso da área de apoio, o pedido foi para a quantidade de vagas desocupadas no Ministério da Fazenda (/noticias/concurso/receita-federal/concursoreceita-
federal-2017-2018-pedido-e-protocolado-no-planejamento) que vinha sendo noticiada pela FOLHA DIRIGIDA, 1.161. São 904 vagas no cargo de assistente técnico-administrativo, de nível médio, com ganhos iniciais de R$4.137,97, e 257 no de analista técnico-administrativo, de nível superior, com iniciais de R$5.490,09.

Curso Online para Assistente Técnico Administrativo (ATA) da Receita Federal

No caso da CVM, a solicitação foi praticamente para o mesmo montante que vinha sendo projetado (/noticias/concurso/cvm/concurso-cvm-2017-2018-
pedido-da-fazenda-ja-esta-no-planejamento) pela FOLHA DIRIGIDA, com base na quantidade de vagas livres na autarquia. Foram pedidas 82 vagas de agente executivo, que também exige apenas o ensino médio completo e proporciona iniciais de R$6.800,15, além de 30 de analista e 16 de inspetor, ambos de nível superior, com iniciais de R$17.391,64.
Para o Tesouro Nacional, mais uma vez a solicitação foi para o quantitativo antecipado (/noticias/concurso/receita-federal/concurso-tesouro-nacional-
2017-2018-fazenda-enviou-pedido-ao-planejamento) pela FOLHA DIRIGIDA, com base em fonte no órgão: foram 70 vagas de técnico de finanças e controle (de nível médio, com remuneração inicial de R$6.882,57) e 30 de auditor de ՝nanças e controle (superior; R$17.391,64). O órgão também demandou vagas de assistente técnico-administrativo, mas a carência terá que ser suprida por meio do mesmo concurso que atenderá a Receita Federal.
Com relação à Susep, diferentemente do que informou a diretoria de administração da autarquia (/noticias/concurso/receita-federal/concurso-susep-
2017-2018-290-vagas-para-niveis-medio-e-superior), o pedido foi apenas para o cargo de analista técnico, com requisição de 55 vagas. O cargo, de nível superior, tem iniciais de R$17.391,64. Outro destaque é o cargo de procurador da fazenda nacional, para o qual foram pedidas 240 vagas. Para esse, os ganhos são de R$19.655,67 no início da carreira.

A autorização dos respectivos concursos depende agora da análise do Ministério do Planejamento, que deverá ser feita considerando a proposta de orçamento da União para 2018, que deverá ser encaminhada ao Congresso Nacional até o fim de agosto. Apesar disso, as eventuais autorizações poderão ser concedidas até o fim deste ano ou ao longo de 2018.

Fonte: Folha Dirigida

You May Also Like