IGP-RS contrata organizadora. Edital do concurso sairá em breve

Finalmente o  Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul (IGP-RS) contratou a organizadora para seu concurso público. A escolhida foi a Fundatec, Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências. São previstas, no mínimo, 106 vagas, das quais 35 seriam para técnicos, 35 para peritos criminais e 36 para médicos legistas. Os contratados terão salários de R$3.053,81 (técnicos) e R$9.556,78 (perito criminal).

Nesta terça-feira, 14 de março, foi divulgada, também em Diário Oficial, a retificação desta dispensa de licitação, na qual altera o valor do contrato. Veja:

Relembrando detalhes da seleção do IGP-RS

Em 2016 o concurso do IGP-RS foi suspenso temporariamente por conta do encaminhamento do projeto que visava à alteração da Lei 14.519/2014, que dizia respeito à estrutura de cargos e ao regulamento de promoções do instituto. O órgão pretendia ajustar a Lei para que a mesma pudesse atender a necessidade que se tinha em relação aos cargos efetivos.

Em entrevista à Folha Dirigida, o diretor-geral e perito criminalístico do instituto, Cleber Ricardo Teixeira Müller, revelou que o instituto trabalha com cerca de 38% do quadro de efetivos. São 1.751 vagas distribuídas em dez coordenadorias no estado, mas apenas 681 estão ocupadas. Portanto, existe uma defasagem de 62% do quadro de servidores.

Por: Priscila Gomes – priscila.gomes@folhadirigida.com.br

 

FONTE: Folha Dirigida

You May Also Like