Nova empresa é cotada para organizar concurso de técnico e analista

Mais uma empresa desclassificada do processo licitatório – por meio de pregão eletrônico – para a escolha da banca organizadora do concurso público para técnicoanalista judiciários do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJ-PE). A Assessoria de Comunicação do órgão informou à FOLHA DIRIGIDA que a Capellerry Consultorias LTDA (EPP) foi desclassificada na última terça-feira, dia 2, pelo descumprimento de alguns trâmites burocráticos.

Os dois pontos do edital de licitação que a empresa não cumpriu são:  1) Subitem 4.5.1 – Manifesto desinteresse (Não encaminhou a proposta de preços, a planilha de custos e os documentos de habilitação); e 2) Subitem 7.10 (desatendimento de quaisquer exigências).

 
Portanto, seguindo a ordem de classificação do pregão eletrônico, a Consulpan (Consultoria e Planejamento em Administração Pública de Muriaé LTDA) foi convocada e tem o prazo de três dias úteis para fazer o envio de documentos, ou seja, até a próxima sexta-feira, dia 5. Além dos três dias para entregar a documentação, a empresa terá um dia útil para recursos, caso necessário.

A expectativa é que novidades sejam divulgadas a partir da próxima terça-feira, dia 9. Caso a Consulpan não cumpra as exigências burocráticas, o processo seguirá em aberto, até que a empresa convocada entregue a documentação exigida. As próximas empresas, de acordo com a ordem de classificação no pregão eletrônico, são: Sarmento Concurso LTDA e Assessoria em Organização de Concursos públicos (AOCP), quinta e sexta colocadas no pregão, respectivamente. 

Veja como será a distribuição das vagas por área do tribunal
De acordo com o documento que norteia a elaboração do concurso, serão oferecidas 60 vagas nas seguintes funções e especialidades: técnico judiciário na área judiciária (10 vagas); técnico na área de apoio especializado/programador de computador (CR); técnico na área de apoio especializado/suporte técnico (CR); oficial de justiça (10); analista judiciário na área judiciária (20); analista na área de apoio especializado/assistente social (10); analista na área de apoio especializado/pedagogo (CR); analista na área de apoio especializado/psicólogo (10); analista na área de apoio especializado/analista de suporte (CR); e analista na área de apoio especializado/analista de sistemas (CR).

Além da sonhada estabilidade, com contratação pelo regime estatutário, o concurso também deverá oferecer excelentes remunerações iniciais, de R$3.455,73 (médio) a R$5.643,46 (superior).  O termo de referência do concurso estabelece que a taxa de inscrição não poderá ultrapassar R$90 para os cargos de nível superior e R$70 para nível médio. Ainda de acordo com o termo, sabe-se que o concurso constará de uma fase, com provas objetivas e discursivas.

Outra determinação é que a organizadora contratada tenha condições de aplicar as provas, além da capital, Recife, nas cidades de Araripina, Arcoverde, Carpina, Caruaru, Garanhuns, Jaboatão dos Guararapes, Limoeiro, Olinda, Palmares, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada e Vitória de Santo Antão.

 
You May Also Like