Poder Judiciário: novos concursos em Minas

[vc_row][vc_column][vc_column_text]
Interessados em fazer parte do Poder Judiciário em Minas Gerais devem ficar atentos, pois dois grandes concursos públicos estão confirmados e garantirão muitas vagas para quem possui níveis médio e superior. O primeiro edital, que deverá ser publicado a qualquer momento, será para o Tribunal de Justiça (TJMG). No próximo ano, será a vez do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF) que, além de Minas, abrange mais 12 estados e o Distrito Federal, divulgar seu concurso.
 
Para o concurso TJMG, a seleção será para cadastro nos cargos de oficial de apoio judicial (Justiça Comum e Juizado Especial) e oficial judiciário (Comissionário da Infância e da Juventude), de nível médio. A organizadora será a Consulplan, escolhida em julho. De acordo com a assessoria do TJMG, o edital já está pronto, mas depende de algumas definições orçamentárias para ser divulgado. Já fontes ligadas ao TJMG informaram que o órgão apenas aguardava pelo edital de outro concurso (serviço notarial e de registro), publicado na última semana. Assim, de acordo com as fontes, o concurso para oficial deverá sair nos próximos dias.
 
Os candidatos que desejam conquistar a tão sonhada vaga devem, de acordo com especialistas, montar um cronograma de estudo. “Quem não começou a estudar está literalmente atrasado, pois o volume de matéria inviabiliza uma preparação às vésperas da prova”, aponta a especialista Flávia Coutinho.
 
Embora o calendário do concurso ainda não tenha sido divulgado, professores observam que os concurseiros podem se orientar pela seleção passada, de 2009. Na ocasião, o período de inscrições foi de trinta dias e a prova objetiva aplicada dois meses depois. 
Outro grande incentivo é o grande número de convocações, mesmo a oferta sendo para cadastro de reserva. Só no último concurso foram 1.128 nomeações em todo o estado. 
 
A remuneração é R$3.238,54, já com o auxílio-alimentação (R$799). Os inscritos serão avaliados por uma prova objetiva, composta de 80 questões. Os conteúdos foram divididos da seguinte forma: Língua Portuguesa (20), Noções de Informática (15), Noções de Direito (20) e Atos do Ofício (25). De acordo com o termo de referência do novo concurso, a aplicação ocorrerá nas cidades de Belo Horizonte, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.
 
Já o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF/1ª), que engloba Minas Gerais, mais 12 estados, além do Distrito Federal, voltou a confirmar, nesta semana, que um novo concurso é aguardado para 2017. A diretora da Secretaria de Gestão de Pessoas (SecGP) do órgão, Maria do Carmo Cezário Corrêa, disse à FOLHA DIRIGIDA que foi solicitada a inclusão no Orçamento da União de 2017 a destinação de recurso pelo custeio das despesas com a realização de novo concurso público. A inclusão no orçamento da despesa depende da aprovação do Congresso Nacional.
 
“A Comissão de Concurso vem trabalhando na elaboração do projeto básico para a realização do certame e solicitando propostas de instituições com notória capacidade técnica na realização de concursos no Poder Judiciário da União”, disse.
 
Para nível superior a oferta será para analista judiciário, com remuneração de R$11.063,80, já com gratificação de atividade judiciária (GAJ) de R$5.254,58, vantagem pecuniária individual (VPI) de R$59,87 e auxílio-alimentação de R$884. O cargo de técnico judiciário, de nível médio, proporciona remuneração de R$7.111,86, com (GAJ) de R$3.202,61, VPI de R$59,87 e auxílio-alimentação também  de R$884.
 
Foram 1.122 convocados até julho de 2015, quando expirou a validade do concurso anterior, realizado em 2011. Foram chamados 506 aprovados para técnico judiciário e 616 para analista. Os interessados na nova seleção já podem iniciar seus estudos, pois o TRF espera poder abrir o concurso tão logo seja autorizado o orçamento em 2017.
 
“O projeto do TRF1 é de realização do concurso Público no ano de 2017, com a abertura das inscrições, a realização das provas e a homologação do concurso, condicionado à liberação de recursos para essas finalidades”, disse a diretor Maria do Carmo Cezário.
 
[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_btn title=”Curso Grátis para concurso TJMG” shape=”square” color=”green” align=”left” link=”url:https%3A%2F%2Fmconcursos.com%2Fcursos%2Fconcurso%2Fregimento-interno-tjmg%2F|title:Curso%20Gr%C3%A1tis%20TJMG|target:%20_blank|”][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_btn title=”Curso Grátis para concurso TRF 1ª Região” shape=”square” color=”green” align=”center” link=”url:https%3A%2F%2Fmconcursos.com%2Fcursos%2Fconcurso%2Ftrf-1a-regiao-tecnico%2F|title:Curso%20Gr%C3%A1tis%20TRF|target:%20_blank|”][/vc_column][/vc_row]
You May Also Like