Polícia Federal aguarda sinal verde para concurso

Prossegue em análise em coordenação da Secretaria de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho no Serviço Público (SEGRT) do Ministério do Planejamento, o processo referente à disponibilidade orçamentária para o preenchimento das 558 vagas do concurso para delegado e perito programado pela Polícia Federal (PF). Com autonomia desde o fim de 2014 para convocar concursos para cargos policiais, a PF depende do Planejamento apenas para confirmar a existência de verba para nomear os aprovados. Consulta nesse sentido foi feita em maio de 2015, visando ao concurso de delegado e perito.
A demanda foi devolvida em dezembro do ano passado, em função do ajuste fiscal do governo, que motivou a suspensão dos novos concursos em 2016, mas foi reapresentada logo na sequência, em janeiro, estando desde o dia 5 daquele mês na Coordenação-Geral de Carreiras, Concursos e Desenvolvimento de Pessoas da SEGRT. A PF pretende realizar o concurso o mais rápido possível, tendo em vista a grande necessidade de pessoal. Segundo a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), as quase 500 vagas ociosas no cargo de delegado equivalem a cerca de 30% do efetivo total. Para ser delegado da PF, é necessário possuir o bacharelado em Direito, além de três anos de experiência em atividade jurídica ou policial. Já a formação superior exigida para perito varia conforme a área de atuação. Nos dois casos, a remuneração inicial é de R$17.288,85, incluindo o auxílio-alimentação, de R$458.
[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_cta_button2 h2=”Perito Criminal da PF” style=”rounded” el_width=”50″ txt_align=”center” title=”Acesse o curso” btn_style=”rounded” color=”green” size=”md” position=”right” link=”url:https%3A%2F%2Fmconcursos.com%2Fcursos%2Fconcurso%2Fpolicia-federal-perito%2F|title:Curso%20Pol%C3%ADcia%20Federal|target:%20_blank”]Estude AGORA para concurso Polícia Federal[/vc_cta_button2][/vc_column][/vc_row]
You May Also Like